epÍstola aos romanos

of 91 /91
CONTEÚDO Romanos se mostra um tratado teológico. Lutero referiu-se a ela como: “o mais puro evangelho” Paulo elaborou a teologia cristã a partir

Upload: keon

Post on 18-Jan-2016

109 views

Category:

Documents


14 download

DESCRIPTION

CONTEÚDO Romanos se mostra um tratado teológico. Lutero referiu-se a ela como: “o mais puro evangelho” Paulo elaborou a teologia cristã a partir. EPÍSTOLA AOS ROMANOS. Paulo elaborou a sua teologia cristã a partir ... Da sua experiência de conversão; b) Seu conhecimento do judaismo ; - PowerPoint PPT Presentation

TRANSCRIPT

Page 1: EPÍSTOLA AOS ROMANOS

CONTEÚDO

Romanos se mostra um tratado teológico.

Lutero referiu-se a ela como: “o mais puro evangelho”

Paulo elaborou a teologia cristã a partir

Page 2: EPÍSTOLA AOS ROMANOS

Paulo elaborou a sua teologia cristã a partir ...

a)Da sua experiência de conversão;

b) Seu conhecimento do judaismo;

c) Seu conhecimento do mundo gentílico;

Page 3: EPÍSTOLA AOS ROMANOS

1. O evangelho como a justiça de Deus

mediante a fé (1:1:18-4:25)

Page 4: EPÍSTOLA AOS ROMANOS

2. O evangelho como poder de Deus para salvação (5:1-8:39)

Page 5: EPÍSTOLA AOS ROMANOS

3. O evangelho e Israel (9:1-11:36)

Page 6: EPÍSTOLA AOS ROMANOS

4. O evangelho e a transformação da vida

(12:1-15:13)

Page 7: EPÍSTOLA AOS ROMANOS

4. O evangelho e a transformação da vida

(12:1-15:13)

Page 8: EPÍSTOLA AOS ROMANOS

A carta aos Romanos afirma ter sido escrita por Paulo (1:1), e essa afirmação

não tem sido contestada.Houve, porém, um

amanuense: provavelmente tenha sido

Tércio (16:22)

Page 9: EPÍSTOLA AOS ROMANOS

Alguns trechos de Romanos tem sido questionados

por algumas pessoas, se fora escrito por outra

pessoa e posteriormente inserido no corpo da

carta; mas isso tem não sustentação.

Page 10: EPÍSTOLA AOS ROMANOS

Para se chegar ao local de escrita da carta, ou seja,

onde Paulo estava quando a escreveu, precisamos desvendar uma chave.

Esta chave está em (15:22-33)

Page 11: EPÍSTOLA AOS ROMANOS

1. Ao escrever aos Romanos, paulo tem em

mente visitar três lugares: Jerusalém,

Roma e Espanha

Page 12: EPÍSTOLA AOS ROMANOS

2. O primeiro destino de Paulo é Jerusalém, e

mostra bastante expectativa com relação

a esta viagem (15:30-33)

Page 13: EPÍSTOLA AOS ROMANOS

3. Ele está levando ajuda aos cristãos empobrecidos de Jerusalém e não

sabe como estes vão receber a ajuda de Cristãos judeus.

É, então, para Paulo uma grande oportunidade de aproximar cristãos judeus de gentios!

(15:25-27)

Page 14: EPÍSTOLA AOS ROMANOS

A segunda parada de Paulo é em Roma(15:24-28), mas apenas de passagem. Ele

não está desprezando Roma, mas ele tem um alvo, que Carson chama de “senso de chamado”

Page 15: EPÍSTOLA AOS ROMANOS

“Pregar o evangelho, não onde Cristo já fora anunciado

(15:20)Não edificar sobre fundamento

alheio!

Que princípio podemos aprender com essa postura

paulina?

Page 16: EPÍSTOLA AOS ROMANOS

Paulo está de olho na Espanha!

A tarefa inicial de plantar igrejas no

mediterâneo oriental está completa.

Page 17: EPÍSTOLA AOS ROMANOS

“Desde Jerusalém e circunvizinhanças até

ao ilírico, tenho divulgado o evangelho

de Cristo (15:19)

Ver mapa

Page 18: EPÍSTOLA AOS ROMANOS
Page 19: EPÍSTOLA AOS ROMANOS

Estratégias corretas ao plantar igrejas. Paulo foi bom nisso!

Como resultado de suas três primeiras viagens missionárias,

igrejas pujantes foram plantadas foram plantadas nos

principais centros metropolitanos em toda essa

região!

Page 20: EPÍSTOLA AOS ROMANOS

Quando comparamos essas indicações com os detalhes da carreira de

missionária de Paulo em Atos, fica claro que, ao escrever Romanos,

Paulo deve estar perto do final da sua Terceira Viagem Missionária. Foi nessa ocasião que Paulo estava se

preparando para voltar a Jerusalém, tendo Roma como seu próximo

destino (At.19:21; 20:16).

Page 21: EPÍSTOLA AOS ROMANOS

Assim sendo, Corinto é o local mais provável

onde a carta foi escrita.

Page 22: EPÍSTOLA AOS ROMANOS
Page 23: EPÍSTOLA AOS ROMANOS
Page 24: EPÍSTOLA AOS ROMANOS
Page 25: EPÍSTOLA AOS ROMANOS
Page 26: EPÍSTOLA AOS ROMANOS
Page 27: EPÍSTOLA AOS ROMANOS

Quando Lucas nos conta que Paulo passou três

meses na Grécia (At.20:3), o mais

provável é o apóstolo tenha ficado em Corinto

(2 Co.13:1,10).

Page 28: EPÍSTOLA AOS ROMANOS

A confirmação de que Corinto tenha sido o local

de escrita de Romanos acha-se na recomendação

que Paulo faz de uma mulher que vivia em Cencréia, uma cidade vizinha de Corinto ( 1

Co.1:14).

Page 29: EPÍSTOLA AOS ROMANOS

Alguns acham ainda possível identificar o tesoureiro da cidade como sendo Erasto

(16:23), com o Erasto mencionado numa

inscrição encontrada em Corinto.

Page 30: EPÍSTOLA AOS ROMANOS

Determinar a data em que Romanos foi escrita,

depende da data dos três meses que Paulo

permaneceu na Grécia; e determinar essa data

depende, por sua vez, da cronologia da vida e

ministério de Paulo como um todo.

Page 31: EPÍSTOLA AOS ROMANOS

A melhor data para a escrita de

Romanos é 57 d.C

Page 32: EPÍSTOLA AOS ROMANOS

A carta é dirigida:

“a todos os amados de Deus, que estais em

Roma, chamados para serdes santos”(1:7; 1:15)

Page 33: EPÍSTOLA AOS ROMANOS

De acordo com a lenda, Roma foi fundada em 753 a.C. por Rômulo e Remo, que foram

criados por uma loba.

Page 34: EPÍSTOLA AOS ROMANOS

Page 35: EPÍSTOLA AOS ROMANOS

Page 36: EPÍSTOLA AOS ROMANOS

Não temos dados claros da origem da igreja

em Roma nem de sua composição à época

em que Paulo lhe escreveu.

Page 37: EPÍSTOLA AOS ROMANOS

Por volta de 180 d.C. Irineu identificou Pedro e Paulo

conjuntamente como fundadores da Igreja em Roma, ao passo que a

tradição posterior menciona Pedro como o

fundador e primeiro bispo da Igreja.

(Catalogus Liberianus)

Page 38: EPÍSTOLA AOS ROMANOS

Nenhuma da duas tradições pode ser aceita.Por que?

A própria carta deixa claro que Paulo era estranho à Igreja de

Roma (1:10,13; 15:22) e é improvável que Paulo estivesse

planejado o tipo de visita descrita em 1:8-15 a uma igreja fundada

por Pedro.

Page 39: EPÍSTOLA AOS ROMANOS

Também, não é provável que Pedro tenha ido a Roma

cedo o suficiente para ter fundado uma igreja

Então, quem fundou a Igreja em Roma?

Page 40: EPÍSTOLA AOS ROMANOS

Ambrosiastro – séc.IVNenhum outro apóstolo

é associado à fundação da Igreja em

Roma.

Page 41: EPÍSTOLA AOS ROMANOS

Então, a opção que temos é concordar com Ambrosiastro, do séc. IV de que os romanos

abraçaram a fé em cristo, ainda que de acordo com o

ritual judaico, sem terem visto qualquer sinal de obras

posteriores (milagres) ou conhecido e ouvido qualquer

apóstolo.

Page 42: EPÍSTOLA AOS ROMANOS

Situação mais aceitaJudeus convertidos no

dia de Pentecostes (At.2:10) levaram o

evangelho para Roma

Page 43: EPÍSTOLA AOS ROMANOS

Assim, Ambrosiastro pensa que o cristianismo em Roma começou entre

judeus. Era um cristianismo que manifestava, em

princípio, bastante rituais judaicos.

Page 44: EPÍSTOLA AOS ROMANOS

Por que Roma era considerada uma cidade fértil para o

evangelho?Resp: Devido ao grande número de

judeus que habitava nela desde o séc. I a.C.

Assim, os peregrinos que foram à festa do Pentecostes voltaram

convertidos e trouxeram a semente do evangelho

Page 45: EPÍSTOLA AOS ROMANOS

SeutônioGaius Suetonius Tranquillus

Caio Suetónio Tranquilo

foi um grande escritor latino que nasceu em 69 da era cristã, em Roma e faleceu

por volta de 141.

Page 46: EPÍSTOLA AOS ROMANOS

Seutônio declara que o imperador romano

Cláudio “expulsou os judeus de Roma por

estarem constantemente

brigando, instigados por Cresto”

(Vida de Cláudio 25.2)

Page 47: EPÍSTOLA AOS ROMANOS

curiosidade

O “Cresto” mencionado seria uma variante do nome grego

Christos.

Page 48: EPÍSTOLA AOS ROMANOS

Esta declaração data de 49 d.C.

Logo, nesta data havia judeus morando em

Roma.(At.18:2)

Page 49: EPÍSTOLA AOS ROMANOS

E, havia judeus convertidos, porque diz o comentário de

Seutônio que o motivo da expulsão é que

brigavam, debatiam sobre ser Jesus o

Cristo, o Filho de Deus, ou não.

Page 50: EPÍSTOLA AOS ROMANOS

O decreto de Claudio certamente causou um impacto muito grande.

Com a ausência dos cristãos judeus, os

gentios convertidos , provavelmente,

assumiram a direção da igreja.

Page 51: EPÍSTOLA AOS ROMANOS

Atenção!Aqui, já podemos ter uma

idéia de a carta aos Romanos se tratar de um

tratado teológico. Certamente, estes

crentes gentios necessitavam de

orientações profundas sobre a doutrina cristã.

Page 52: EPÍSTOLA AOS ROMANOS

Mesmo com a volta de poucos judeus mais

tarde, a predominância era de crentes gentios, além de, talvez os judeus serem deixados de lado pelos gentios.

Page 53: EPÍSTOLA AOS ROMANOS

Então, na igreja de Roma há crentes há crentes

gentios e judeus quando Paulo escreve sua carta.

Pode ser que congregavam em

núcleos distintos, ao invés de numa única

congregação.

Page 54: EPÍSTOLA AOS ROMANOS

Pergunta:Paulo dirige sua carta a essa comunidade mista

como um todo?Ou apenas a um segmento

da comunidade?As informações internas da carta são conflitantes!

Page 55: EPÍSTOLA AOS ROMANOS

INDÍCIOS DE UM PÚBLICO CRISTÃO

JUDEU1.Ele saúda os cristãos judeus Priscila e Áquila e seus patrícios (Andrônico, Júnias e Herodião)

Rm.16:3,7,11

Page 56: EPÍSTOLA AOS ROMANOS

2. Ele se dirige a um judeus no cap.2:17;

3. Ele associa seus leitores à lei mosaica: “não estão debaixo da lei” (Rm.6:14,15) – porque “morreram relativamente à lei” (7:4); e observe-se (7:1) “falo aos que conhecem a lei”;

Page 57: EPÍSTOLA AOS ROMANOS

4. Paulo chama Abraão de “nosso pai” (4:1);

5. Boa parte da carta é dedicada a assuntos que seriam de particular interesse de cristãos judeus;

Page 58: EPÍSTOLA AOS ROMANOS

O pecado dos judeus – 2:1-3:8 A lei mosaica, visto como

insuficiente – 3:19-20, 27-31;4:12-15; 5:13-14,20; 6:14; 7:1-8:4; 9:30-10:8. – mas que alcança perfeição em Cristo – 3:31; 8:4; 13:8-10;

A importância de Abraão, de quem procede Israel – cap.4

O papel de Israel na história de Salvação – 9:11.

Page 59: EPÍSTOLA AOS ROMANOS

INDÍCIOS DE UM PÚBLICO CRISTÃO GENTÍLICO

1.No endereço da carta inteira, Paulo inclui seus leitores entre os gentios, a quem fora chamado a ministrar. – 1:5,6; 1:13; 15:14-21.

Page 60: EPÍSTOLA AOS ROMANOS

2. Ele se dirige diretamente a “vós outros, que sois gentios” em 11:13, 14-24

3. O pedido de Paulo para que os cristãos de Roma “aceitem-se uns aos outros” (15:7) parece estar dirigida especialmente aos gentios (15:8,9).

Page 61: EPÍSTOLA AOS ROMANOS

CONCLUINDO OS DOIS INDÍCIOS

1.Primeira opção – despreza-se os indícios de um público cristão gentílico e conclui-se que a carta foi dirigida a cristãos judeus.

Page 62: EPÍSTOLA AOS ROMANOS

Rm.1:6 Tem-se afirmado que

este versículo simplesmente afirma que cristãos romanos

estavam entre os “chamados para serem de Jesus

Cristo”.

Page 63: EPÍSTOLA AOS ROMANOS

Ou, que no v.5 (1:5), significa “nações” ao invés de “gentios”.

Mas, nenhuma das duas alternativas é convincente..

Page 64: EPÍSTOLA AOS ROMANOS

Num contexto que trata do apostolado de Paulo, certamente significa gentios.

Estes argumentos seriam suficientes para afirmar

que o público alvo de Paulo era cristãos gentios apenas.

Page 65: EPÍSTOLA AOS ROMANOS

1:7“a todos os amados de

Deus, que estais em Roma, chamados para

serdes santos”

Havia cristãos judeus em Roma!

Page 66: EPÍSTOLA AOS ROMANOS

Concluímos, então, que destina sua

carta tanto a cristãos judeus

quanto a gentios!

Page 67: EPÍSTOLA AOS ROMANOS

O que acontece é que em alguns trechos ele

se dirige especificamente a

judeus e em outros a gentios

Page 68: EPÍSTOLA AOS ROMANOS

INTEGRIDADE, HISTÓRIA

LITERÁRIA E TEXTO

A questão central neste tópico é uma possível

ruptura a partir do cap.14.

Page 69: EPÍSTOLA AOS ROMANOS

O problema é com os dois últimos capítulos

de Romanos.Alguns defendem que a

carta original vai apenas até o cap.14

Page 70: EPÍSTOLA AOS ROMANOS

EVIDENCIAS:1. Diversos manuscritos

da Vulgata Latina omitem completamente 15:1-16:23

Page 71: EPÍSTOLA AOS ROMANOS

2. Outro códice da Vulgata (Códice Amiatino) contém 15:1-16:24, mas omite o sumário dessa sessão.

Page 72: EPÍSTOLA AOS ROMANOS

3. Tertuliano, Irineu e Cipriano não fazem referência aos capítulos 15 e 16 em trechos que seria de esperar que fizessem, caso tivessem o texto na forma de 16 capítulos.

Page 73: EPÍSTOLA AOS ROMANOS

Esse dados, então, indicam que uma

forma de Romanos com 14 capítulos existia na igreja

primitiva, o que leva alguns estudiosos

concluir que essa era a versão original.

Page 74: EPÍSTOLA AOS ROMANOS

ESSES DADOS INDICAM ALGUMAS

POSSIBILIDADESa) Paulo escreveu

primeiramente os capítulos 1-14, como um tratado doutrinário geral e posteriormente, ao enviá-lo a Roma, acrescentou os caps. 15 e 16.

Page 75: EPÍSTOLA AOS ROMANOS

Esta idéia encontra dificuldades de aceitação,

tendo em vista que os caps. 14 e 15 mostram uma continuidade e um elo de ligação entre si. Não dá para pensar no

cap. 14 existindo separado do 15.

Page 76: EPÍSTOLA AOS ROMANOS

b) Lightfoot, propõe que Paulo tenha abreviado sua carta aos Romanos para torná-la mais universal.

Page 77: EPÍSTOLA AOS ROMANOS

c) A explicação mais antiga, e que de certo modo ajuda numa possível solução, é que Marcião, devido a seus preconceitos em relação ao AT., tenha ficado descontente com as citações do AT encontradas em 15:3 e 15:9-12.

Page 78: EPÍSTOLA AOS ROMANOS

PROPÓSITO

Qual foi o propósito de Paulo ao enviar a carta aos Romanos?Por que ele enviou uma

exposição teológica tão pesada?

Rm.15:15 – Carson diz que é uma causa muito genérica.

Page 79: EPÍSTOLA AOS ROMANOS

MÉTODO PARA DETERMINAR O PROPÓSITO DE PAULO

Harmonizar o conteúdo da carta com a ocasião em que foi escrita;Esta ocasião, primeiro, precisa ser definida como ocasião do apóstolo, ou ocasião da igreja?

Page 80: EPÍSTOLA AOS ROMANOS

OCASIÃO DO APÓSTOLO

Pontos de vista que destacam as

circunstancias do próprio Paulo. Podem

ser separados de acordo com o local que é

considerado como centro dos interesses de Paulo.

Page 81: EPÍSTOLA AOS ROMANOS

a) Espanha – 15:24-29Um dos propósitos de Paulo ao escrever a carta pode ter sido o de apresentar-se aos cristãos de Roma, preparando assim sua visita e seu pedido de patrocínio.

Page 82: EPÍSTOLA AOS ROMANOS

A palavra “” “propempó” – tem

a conotação de “ajudar

materialmente alguém em

viagem”

Page 83: EPÍSTOLA AOS ROMANOS

b) Corinto/Galácia – Uma possível explicação para a preocupação de Paulo com temas judaicos é que ele teria originado sua reflexão sobre a luta com os judaizantes, que o manteve ocupado na Galácia e em Corinto (2 Co.3:10-13)

Page 84: EPÍSTOLA AOS ROMANOS

Paulo, então, teria escrito aos Romanos para expor o seu

ponto de vista amadurecido sobre essas questões (Lei,

circuncisão e judaismo)

Há bastante força este argumento, mas não

responde uma pergunta: Por que enviar esse tratado

justamente a Roma?

Page 85: EPÍSTOLA AOS ROMANOS

c) Jerusalém – o argumento anterior aplica-se também aqui; mas do mesmo modo, fica sem resposta a mesma pergunta:

Por que enviar a Roma?

Page 86: EPÍSTOLA AOS ROMANOS

OCASIÃO DA IGREJAInício do séc. XVIII F.C. Baur (Ferdinand

Christian Baur) Teólogo alemão, da escola de Tubingen) – inaugura uma nova forma de olhar para a carta aos

Romanos:

Page 87: EPÍSTOLA AOS ROMANOS

Ele começa a tratar a carta aos Romanos como

qualquer outra carta de Paulo – dirigida para

temas que surgiram na igreja para a qual ela foi

escrita. Ou seja, ele passa a olhar para a carta como resposta a necessidades

da igreja e não como necessidades do autor.

Page 88: EPÍSTOLA AOS ROMANOS

Ele começa a tratar a carta aos Romanos como

qualquer outra carta de Paulo – dirigida para

temas que surgiram na igreja para a qual ela foi

escrita. Ou seja, ele passa a olhar para a carta como resposta a necessidades

da igreja e não como necessidades do autor.

Page 89: EPÍSTOLA AOS ROMANOS

Assim, Paulo escreveu aos Romanos com vários

propósitos.O que motiva o conteúdo da

carta é muito variado:

Os embates anteriores na Galácia e em Corinto;

A crise futura em Jerusalém;

Page 90: EPÍSTOLA AOS ROMANOS

A necessidade de conseguir uma base missionária para o trabalho na Espanha;

A importância de unificar em torno do Evangelho a comunidade cristã dividida em Roma.

Page 91: EPÍSTOLA AOS ROMANOS

Qualquer item que levantarmos na

carta como propósito

principal, na verdade é só mais

um propósito.