regulamento labs 20151

Download Regulamento Labs 20151

Post on 20-Dec-2015

218 views

Category:

Documents

2 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Regulamento Labs 20151

TRANSCRIPT

  • 1

    GOVERNO DO ESTADO DO CEAR SECRETARIA DA CULTURA INSTITUTO DE ARTE E CULTURA DO CEAR - IACC DIRETORIA DE FORMAAO E CRIAO PORTO IRACEMA DAS ARTES - ESCOLA DE FORMAO E CRIAO DO CEAR PROCESSO SELETIVO 2015 LABORATRIOS DE CRIAO

    O INSTITUTO DE ARTE E CULTURA DO CEAR - IACC, pessoa jurdica de direito privado, sem fins lucrativos, inscrito no CNPJ sob o N 02 455 125/0001 31, com sede na Rua Drago do Mar, 81, Praia de Iracema, CEP 60 060 390 - Fortaleza - Cear faz publicar, para conhecimento dos interessados, o presente processo seletivo para preenchimento de vagas no Programa de Laboratrios de Criao do Porto Iracema das Artes Escola de Formao e Criao do Cear, nos seguintes termos: 1. DO OBJETO 1.1. O processo seletivo tem como objetivo a escolha de at 26 (vinte e seis) projetos, a serem desenvolvidos no mbito dos Laboratrios de Criao, direcionados aos segmentos de Artes Visuais, Audiovisual - Cinema, Dana, Msica e Teatro do Porto Iracema das Artes - Escola de Formao e Criao do Cear, constituindo-se como processos formativos nos campos de arte e cultura. 1.2. Os Laboratrios de Criao so espaos de experimentao, investigao e desenvolvimento de projetos nos diversos segmentos culturais, que aglutinaro novos talentos e profissionais que j se encontram no mercado e que demandam atualizaes tcnica e conceitual. 1.3. Os Laboratrios funcionaro em regime de imerso, atravs de processos formativos de excelncia, desenvolvidos em torno de projetos previamente selecionados. Os alunos recebero orientao de tutores, que conduziro a qualificao dos projetos, atravs de consultorias individuais, oficinas, palestras, workshops e atividades em conexo com os demais segmentos e cursos. 1.4. So os seguintes os Laboratrios objetos deste processo seletivo: 1.4.1. O Laboratrio de Artes Visuais tem como objetivo aprofundar conhecimentos e experincias tericas e prticas no campo das artes visuais, fomentando o debate esttico e crtico, na perspectiva da inovao de linguagem. Podero participar projetos nas diversas investigaes visuais (fotografia, pintura, gravura, escultura, vdeo-arte, instalao, quadrinhos, vdeomapping, performance). 1.4.2. O Laboratrio de Audiovisual - Cinema tem como objetivo desenvolver roteiros para longa-metragem, em qualquer gnero (fico, documentrio, animao e experimental), abordando os aspectos de escrita cinematogrfica: estrutura dramtica, trama e subtrama, criao de personagens e formatao de roteiro. Alm de ampliar

  • 2

    as habilidades narrativas, o laboratrio visa contribuir para a atuao profissional no mercado cinematogrfico. 1.4.3. O Laboratrio de Dana tem como objetivo fomentar o desenvolvimento de processos de pesquisa coreogrfica e criao em dana que, em seu campo expandido, podem integrar poticas do corpo e suportes diversos. O Laboratrio dever fundamentar, conceitual e materialmente segundo a especificidade de cada projeto , a produo de obras a serem publicizadas em sua condio processual e que possam vir a integrar o circuito profissional da dana. 1.4.4. O Laboratrio de Msica tem como objetivo desenvolver, aprimorar e qualificar projetos musicais de artistas com atuao no Estado do Cear, por meio da conceituao, anlise e diagnstico de suas necessidades e demandas procurando contemplar os aspectos da composio, execuo, interpretao, arranjo, performance e produo. As propostas sero orientadas na perspectiva de criao e montagem de show com qualidades tcnica e conceitual, capaz de seguir um circuito de apresentaes pblicas. 1.4.5. O Laboratrio de Pesquisa Teatral tem como objetivo fomentar o desenvolvimento de projetos que articulem pesquisa e criao, proporcionando reflexes estticas e conceituais sobre a prtica teatral em suas diversas dimenses (direo, interpretao, formao de artistas, cenografia etc.), atravs de interlocues com profissionais de vasta experincia no cenrio local, nacional e internacional das artes cnicas. 2. DOS RECURSOS 2.1. As despesas decorrentes do presente processo seletivo encontram-se inseridas nas atividades de Formao, Criao e Produo, advindas dos recursos do Tesouro Estadual, firmado entre o Instituto de Arte e Cultura do Cear - IACC e a Secretaria da Cultura do Estado do Cear - SECULT. A concesso de recursos financeiros ao processo seletivo observar as condies, prioridades e critrios estabelecidos nesta Seleo. 3. DO INCENTIVO 3.1. O objeto do PROCESSO SELETIVO 2015 - LABORATRIOS DE CRIAO selecionar at 26 (vinte e seis) projetos, assim discriminados: 3.1.1. Laboratrio de Artes Visuais: seleo de at 05 (cinco) projetos de artes visuais, cujo incentivo prev: a) concesso de ajuda de custo mensal, no valor de R$ 800,00 (oitocentos reais), no perodo de 07 (sete) meses, a 02 (dois) integrantes de cada projeto, para participao em atividades presenciais que resultaro no desenvolvimento dos estudos. A ajuda de custo ser destinada e limitada ao artista-proponente e mais 01 (um) beneficirio do projeto a ser indicado no ato da inscrio; b) disponibilizao de servios de consultoria para o aprimoramento dos projetos atravs de tutorias/interlocues, workshops, oficinas conceituais e tcnicas, a serem desenvolvidos da seguinte forma:

    Tutoria/interlocuo: acompanhamento (tcnico, conceitual e/ou esttico), de

  • 3

    especialista na rea, durante 07 (sete) meses; Oficinas e Workshops: atividades formativas de curta durao voltadas para o

    desenvolvimento das pesquisas. Tais atividades podero ser restritas aos integrantes dos projetos ou abertas ao pblico interessado.

    3.1.2. Laboratrio de Audiovisual - Cinema: seleo de at 06 (seis) projetos sendo 04 (quatro) oriundos do Estado do Cear e 02 (dois), na modalidade Residncia, oriundos dos demais estados da regio Nordeste com formato de Roteiros para Longa-metragem, cujo incentivo prev: a) para os projetos oriundos do Estado do Cear, concesso de ajuda de custo

    mensal, no valor de R$ 800,00 (oitocentos reais), no perodo de 07 (sete) meses, a 02 (dois) integrantes de cada projeto, para participao presencial em atividades que resultaro no desenvolvimento dos roteiros. A ajuda de custo ser destinada e limitada a 01 (um) roteirista e 01 (um) diretor - podendo qualquer um destes ser o proponente ou o beneficirio do projeto - a serem indicados em suas respectivas funes, no ato da inscrio;

    b) para os projetos de Residncia, oriundos dos demais estados da regio Nordeste, concesso de ajuda de custo mensal, no valor de R$ 1.800,00 (hum mil e oitocentos reais), no perodo de 07 (sete) meses, a 01 (um) integrante de cada projeto, para participao presencial em atividades que resultaro no desenvolvimento dos roteiros. A ajuda de custo ser dirigida e limitada ao proponente, na funo de roteirista, e destinada s despesas de estadia (moradia, transporte etc), durante o perodo;

    c) disponibilizao de servios de consultoria para o aprimoramento dos roteiros,

    atravs de tutorias/interlocues, workshops, oficinas conceituais e tcnicas, a serem desenvolvidos da seguinte forma:

    Tutoria/interlocuo: consultoria (tcnica, conceitual e/ou esttica), de

    especialista na rea, durante 07 (sete) meses; Oficinas e Workshops: atividades formativas de curta durao voltadas para o

    desenvolvimento dos roteiros. Tais atividades podero ser restritas aos integrantes dos projetos ou abertas ao pblico interessado.

    3.1.3. Laboratrio de Dana: seleo de at 05 (cinco) projetos de pesquisa coreogrfica e criao em dana (consideradas suas interfaces e transversalidades), cujo incentivo prev: a) concesso de ajuda de custo mensal, no valor de R$ 800,00 (oitocentos reais), no

    perodo de 07 (sete) meses, a 03 (trs) integrantes de cada projeto, para participao em atividades que resultaro no desenvolvimento dos estudos. A ajuda de custo ser destinada e limitada ao artista-proponente e outros 02 (dois) beneficirios do projeto a serem indicados no ato da inscrio;

    b) disponibilizao de servios de consultoria para o aprimoramento dos projetos

    atravs de tutorias/interlocues, workshops, oficinas conceituais e tcnicas, a serem desenvolvidos da seguinte forma:

    Tutoria/interlocuo: acompanhamento (tcnico, conceitual e/ou esttico), de

    especialista na rea, durante 07 (sete) meses; Oficinas e Workshops: atividades formativas de curta durao voltadas para o

    desenvolvimento das pesquisas. Tais atividades podero ser restritas aos integrantes dos projetos ou abertas ao pblico interessado.

  • 4

    3.1.4. Laboratrio de Msica: seleo de at 05 (cinco) projetos de shows, cujo incentivo prev: a) concesso de ajuda de custo mensal, no valor de R$ 800,00 (oitocentos reais), no

    perodo de 07 (sete) meses, a 03 (trs) integrantes de cada projeto, para participao presencial em atividades que resultaro no desenvolvimento dos estudos. A ajuda de custo ser destinada e limitada a 01 (um) diretor musical e mais 02 (dois) msicos - podendo qualquer um destes ser o proponente ou os beneficirios do projeto - a serem indicados em suas respectivas funes, no ato da inscrio;

    b) disponibilizao de servios de consultoria para o aprimoramento dos projetos

    atravs de tutorias/interlocues, workshops, oficinas conceituais e tcnicas a serem desenvolvidos da seguinte forma:

    Tutoria/interlocuo: acompanhamento (tcnico, conceitual e/ou esttico), de

    especialista na rea, durante 07 (sete) meses; Oficinas e Workshops: atividades formativas de curta durao voltadas para o

    desenvolvimento das pesquisas. Tais atividades podero ser restritas aos integrantes dos projetos ou abertas ao pblico interessado.

    3.1.5. Laboratrio de Pesquisa Teatral: seleo de at 05 (cinco) projetos de pesquisa da linguagem teatral, cujo incentivo prev: a) concesso de ajuda de custo mensal, no valor de R$ 800,00 (oitocentos reais), no

    perodo de 07 (sete) meses, a 03 (trs) integrantes de cada projeto, para participao em atividades que r