trabalho a.p

of 11/11
Animais em vias de extinção

Post on 05-Aug-2015

108 views

Category:

Education

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

Elefante Africano

Animais em vias de extino

1IntroduoO nosso grupo vai agora apresentar o trabalho que fizemos neste 2 perodo sobre algumas das espcies em perigo de extino. Se quiserem saber mais sobre estas espcies estejam vontade de visitar o nosso blogue:http//viasesticao.com/Feito por:Mrio Ferreira nFrancisco Pereira n11Pedro Nunes n 23

2Periquito-maracanTrata-se de uma ave quase inteiramente verde, com manchas azuis na altura do pescoo e coberteiras inferiores das asas verdes, que variam dependendo da idade da ave. Mede, em mdia, entre 30 e 32cm.

3Elefante AfricanoO elefante-africano o maior dos dois tipos de elefante existentes hoje. Por comparao com o elefante-asitico, distingue-se pelas orelhas maiores, uma adaptao s temperaturas mais elevadas, e pela presena de presas de marfim nas fmeas, com cerca de 70 kg cada uma. Alm disso, o elefante-africano tem 3 unhas nas patas traseiras e 21 pares de costelas, por oposio a 4 e 19, respectivamente, no elefante-indiano.

O elefante-africano atinge os 3,50 metros at o nvel da cernelha (parte do corpo do animal onde se juntam as espduas) e 6 metros de comprimento, sendo o maior mamfero terrestre existente na actualidade. Um adulto necessita de cerca de 250 kg de alimento e 160 litros de gua todos os dias.acreditava-se que havia apenas duas espcies vivas de elefantes, o elefante-africano e o elefante-asitico. No entanto, estudos genticos realizados com o objectivo de controlar o trfico ilegal de marfim trouxeram luz as diferenas intrnsecas entre as variedades.

4Panda vermelhoO panda-vermelho nativo das regies montanhosas do Himalaias e do sul da China, e est associado s florestas temperadas de altitude e a bambuzais. Possui uma colorao castanho-avermelhada caracterstica, cauda comprida e felpuda e um andar gingado devido ao encurtamento dos membros dianteiros. um animal solitrio, territorialista e de hbito crepuscular e nocturno. Sua alimentao principalmente composta por bambu; entretanto, por ser omnvoro, pode ingerir ovos, pssaros, insectos e pequenos mamferos.Est em perigo de extino, devido destruio do habitat pela expanso humana, da agricultura, da pecuria e do extractivista de recursos naturais. A caa ilegal tambm outro importante factor que contribui para a diminuio da populao de pandas. um animal comum em zoolgicos, principalmente da Amrica do Norte e Europa, reproduzindo-se bem em cativeiro. 5TucanoSo designadas por tucano as aves da famlia que vivem nas florestas da Amrica Central e Amrica do Sul.Possuem um bico grande e oco. A parte superior constituda por trabculas de sustentao e a parte inferior de natureza ssea. No um bico forte, j que muito comprido e a alavanca (maxilar) no suficiente para conferir tal qualidade. Seu sistema digestivo extremamente curto, o que explica sua base alimentar, j que as frutas so facilmente digeridas e absorvidas pelo trato gastrointestinal. Alm de serem frugvoros (comerem fruta), necessitam de um certo nvel proteico na dieta, o qual alcanam caando alguns insectos, pequenas presas (como largarto, e.t.c) e mesmo ovos de outras aves. Possuem ps zigodctilos (dois dedos direcionados para frente e dois para trs), tpicos de animais que trepam em rvores.

6Leopardo das nevesO Leopardo das - neves um felino que habita as grandes altitudes da sia central, principalmente o Tibete, o Nepal, o Himalaias... Pouco se sabe a respeito desse animal arredio e solitrio, que raramente visto por seres humanos.plos longos e sedosos, com uma lanugem na base. Essa pelagem til para se esconder ou se camuflar na neve e caar suas presas por emboscada. Sua alimentao consiste de aves, roedores como a marmota e a lebre, e pequenos mamferos como o carneiro-selvagem. Cada leopardo das neves possui um vasto territrio no qual vagueia constantemente em busca de alimento.Embora habite regies remotas e de difcil acesso, actualmente o leopardo das - neves se encontra na lista de espcies ameaadas de extino porque seus ossos, sua pele e alguns de seus rgos so utilizadas pela medicina asitica para a produo de remdios.Estes animais so caadores oportunistas, que podem pesar desde um Yak (que pesa mais de 200kg) at um pequeno veado almiscarado (que pesa somente 10kg). Podem predar aves como o faiso ou as pequenas marmotas. Trata-se de um animal pouco estudado, devido a seus hbitos reservados, poucos exemplares, distribuio esparsa e dificuldade das condies de seu habitat. So animais que medem, de cabea e corpo at 1,3 metros e a cauda que chega a 1 metros.

Periquito-maracanTrata-se de uma ave quase inteiramente verde, com manchas vermelhas na altura do pescoo e coberteiras inferiores das asas vermelhas e amarelas, que variam dependendo da idade da ave. Mede, em mdia, entre 30 e 32cm.

Tubaro brancoO tubaro-branco o peixe predador de maiores dimenses existente na actualidade. Um tubaro-branco pode atingir 7,5 metros de comprimento e pesar at 2,5 toneladas. Esta espcie vive nas guas costeiras de todos os oceanos, desde que haja populaes adequadas das suas presas. Come peixes em geral.Come Lees Marinhos e Focas, que por possuirem muita gordura no corpo so um dos seus "pratos" predilectos , pois quando comem bastante gordura, podem ficar por bastante tempo sem ter que se alimentar de novo.Tubares mais velhos sabem identificar melhor o que a comida deles: no caso dos seres- humanos, ns no fazemos parte do seu cardpio, sendo assim os tubares mais novos mordem os seres-humanos , mas logo descobrem que no somos bons" para eles e normalmente cospem.Encontram-se no topo da pirmide alimentar, apenas sendo confrotados por Orcas, as Baleias Assassinas

Lobo IbricoO lobo-ibrico uma subespcie do lobo-cinzento que vive na Pennsula Ibrica. Outrora muito abundante, sua populao actual deve rondar os 2000 indivduos, dos quais cerca de 300 habitam a regio norte de Portugal. A subespcie foi descrita pelo cientista espanhol ngel Cabrera em 1907.Um pouco menor e esguio que as outras subespcies do lobo-cinzento, os lobos-ibricos machos medem entre 130 a 180cm de comprimento, enquanto as fmeas medem de 130 a 160cm. A altura pode chegar aos 70cm. Os machos adultos pesam geralmente entre 30 a 40kg e as fmeas entre 20 a 35kg.As suas principais presas so o javali, o coro e o veado, e as presas domsticas mais comuns so a ovelha, a cabra, a galinha, o cavalo e a vaca. Ocasionalmente tambm mata e come ces e aproveita cadveres que encontra, isto , sempre que pode necrfago.

Panda O panda-gigante um mamfero dotado de racionalidade da famlia dos ursdeos, endmico da Repblica Popular da China. A palavra panda significa algo parecido com "comedor de bambu".Um panda gigante adulto pode chegar a medir 1,5 m de comprimento e a pesar cerca de 140 kg. Os pandas fmeas do luz uma vez por ano. Na maioria das vezes, nascem apenas duas crias. Esta uma das razes pelas quais os pandas se encontram em vias de extino.Quando nascem, as crias tm o plo todo branco e so cegas. As manchas pretas s aparecem um ms depois. Com um ano de idade, j pesam entre 30 e 35 kg.Na verdade, pensa-se que j s existam cerca de 600 a 1000 pandas gigantes no mundo.Os pandas gigantes vivem nas encostas das montanhas da China Ocidental e do leste do Tibete. Passam o dia a descansar, a comer e a procurar alimento.