universidade do vale do paraba (univap) instituto de ... subsequently, the architects, town...

Download Universidade do Vale do Paraba (UniVap) Instituto de ... subsequently, the architects, town planners, biologists, educators, psychologists, health workers, engineers, and others.

If you can't read please download the document

Post on 24-Apr-2018

214 views

Category:

Documents

1 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Universidade do Vale do Paraba (UniVap)

    Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento (IP&D)

    Programa de Ps-Graduao em Planejamento Urbano e Regional (PUR)

    IVAN GOMES DE OLIVEIRA

    ANLISE DE PERCEPO AMBIENTAL DE MORADORES DE REA DE

    VRZEA EM PEQUENAS CIDADES DA AMAZNIA: UM ESTUDO DE CASO

    So Jos dos Campos, SP

    2015

  • IVAN GOMES DE OLIVEIRA

    ANLISE DE PERCEPO AMBIENTAL DE MORADORES DE REA DE

    VRZEA EM PEQUENAS CIDADES DA AMAZNIA: UM ESTUDO DE CASO

    Dissertao apresentada ao Programa de Ps

    Graduao em Planejamento Urbano e Regional

    da Universidade do Vale do Paraba, como

    complementao dos crditos necessrios para

    obteno do ttulo de Mestre em Planejamento

    Urbano e Regional.

    Orientadora: Profa. Dra. Sandra Maria Fonseca

    da Costa.

    So Jos dos Campos, SP

    2015

  • FICHA CATALOGRFICA

  • IVAN GOMES DE OLIVEIRA

    ANLISE DE PERCEPO AMBIENTAL DE MORADORES DE REA DE

    VRZEA EM PEQUENAS CIDADES DA AMAZNIA: UM ESTUDO DE CASO

    Dissertao de Mestrado aprovada como requisito parcial obteno do grau de Mestre em

    Planejamento Urbano e Regional, do Programa de Ps-Graduao em Planejamento Urbano e

    Regional, do Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento (IP&D) da Universidade do Vale do

    Paraba (UniVap), So Jos dos Campos, SP, pela seguinte banca examinadora:

    Presidente: Profa. Dra. Adriane Aparecida Moreira de Souza (UNIVAP) _________________

    Orientadora: Profa. Dra. Sandra Maria Fonseca da Costa (UNIVAP) ____________________

    Membro Externo: Prof. Dr. Ademir Fernando Morelli (UNITAU) ______________________

    So Jos dos Campos,27 de maro de 2015.

  • DEDICATRIA

    A minha me Floripes Maria de Oliveira (in memorian) que, mesmo com pouqussimo

    grau de instruo, sempre nos incentivou a buscar conhecimento.

  • AGRADECIMENTOS

    Inicialmente, agradeo Coordenao de Aperfeioamento de Pessoal de Nvel

    Superior (CAPES), pela bolsa de mestrado concedida.

    Agradeo Professora Dra. Sandra Maria Fonseca da Costa, por acreditar em um

    estranho que estava afastado dos bancos escolares h mais de dez anos, mas que acreditou que

    seria possvel retornar em busca de conhecimento; agradeo-lhe pela pacincia, por se

    arriscar comigo nesse caminho novo que foi o estudo de percepo ambiental e pelas horas

    de ensinamento, quer nas aulas de campo na cidade de Ponta de Pedras ou no laboratrio de

    estudos das Cidades (UniVaP).

    Agradecimento especial para a amiga e Professora Vnia da Silva, doutoranda da

    UNICAMP, que, mesmo tendo pouco tempo na sua agenda, sempre achava algum para dar

    sugestes, me ajudou a manter o foco, discutir contedos e envio de material.

    Aos Professores do mestrado em Planejamento Urbano e Regional e aos colegas, pela

    pacincia com a minha pessoa, pois sei que no sou um amor de pessoa.

    dona Ivonne (secretria), que sempre me tratou de forma atenciosa e prestativa.

    Aos colegas do Laboratrio de Estudos das Cidades e tambm dos campos na cidade

    de Ponta de Pedras: Viviana, Jobair, Montoia, Ed, Monique e Bruno.

    Aos Professores Emmanuel (in memorian) e Paulo Romano, pela competncia, pela

    disponibilidade, pelas palavras desconcertantes e motivadoras, pelas incansveis dicas de

    livros e, principalmente, pelo exemplo.

    professora Adriane, que me deu uma aula de dicas e correes quando da minha

    qualificao e tambm durante o curso, sempre disposta a contribuir com a minha formao.

    Aos moradores da cidade de Ponta de Pedras - PA, pela receptividade com que me

    receberam na cidade; em especial aos moradores do bairro Carnapij, sempre dispostos a

    fornecer as informaes solicitadas.

    minha esposa Ana Rosa e meu filho Yves, que compreenderam a necessidade de

    minha ausncia em diversos momentos e sempre me apoiaram.

    E, por fim, o agradecimento mais importante: a Deus.

  • RESUMO

    O estudo de percepo ambiental teve publicaes memorveis nas dcadas de 1950 e 1960,

    em lngua anglo-saxnica e em francs, entretanto, a multiplicao de publicaes, como

    afirmam as professoras Lvia de Oliveira e Lucy Marion, ocorreu a partir da dcada de 1970.

    Os maiores divulgadores foram, inicialmente, os gegrafos da Geografia Humanstica e,

    posteriormente, os arquitetos, urbanistas, bilogos, educadores, psiclogos, sanitaristas,

    engenheiros, entre outros. No Brasil destacam-se as publicaes realizadas por grandes

    autores, como Del Rio, Lvia de Oliveira, Lucrcia Ferrara, Lucy Marion, Sandra Faggionato.

    Grande parte das publicaes realizadas sobre o tema percepo ambiental no Brasil est

    relacionada s cidades mdias e grandes e s reas de conservao ambiental. Quando

    pensamos na Amaznia urbana e em cidades de pequeno porte, as publicaes se tornam

    escassas. Alguns dos estudos de percepo ambiental nas mdias e grandes cidades do Brasil

    se basearam nos estudos realizados em cidades como Boston, Baltimore e Londres, onde o

    poder pblico se utilizou dos resultados de anlise de percepo para elaborar estratgias para

    consolidar imagens positivas na interveno espacial. A ocupao dos espaos urbanos na

    Amaznia teve uma acelerao, principalmente, a partir da dcada de 1960, com a

    implantao de grandes projetos desenvolvimentistas urbano-industriais, o que fez com que

    houvesse um aumento da populao urbana. Nesse processo de ocupao urbana, reas

    ambientalmente frgeis foram ocupadas, entre elas, a vrzea, ambiente usualmente encontrado

    nas cidades amaznicas ribeirinhas. Informaes importantes foram levantadas, como: mais

    de 71% dos entrevistados so da prpria regio e apresentam uma identidade muito forte com

    o local onde vivem (Topofilia); observou-se, tambm, que mais de 85,59% dos entrevistados

    nunca participaram de nenhum evento voltado para a preservao do meio ambiente; tem-se,

    ainda, que quase 50% no tm emprego fixo e que mais de 78% dos entrevistados descartam

    seus esgotos sanitrios diretamente nos rios.

    Palavras chave: Percepo. Vrzea e Populao. Amaznia.

  • ABSTRACT

    Analysis of environmental perception of lowland area in small cities of amazon

    residents: a case study.

    The study of environmental perception had remarkable publications in the decades of 1950

    and 1960, in Anglo-Saxon language and in French, meantime, the publications multiplication

    took place from the decade of 1970, as affirm the professors Lvia de Oliveira and Lucy

    Marion. The main spreaders were, initially, the geographers of the Humanistic Geography

    and, subsequently, the architects, town planners, biologists, educators, psychologists, health

    workers, engineers, and others. In Brazil stand out the publications carried out by great

    authors, like Del Rio, Lvia de Oliveira, Lucrcia Ferrara, Lucy Marion, Sandra Faggionato.

    Large part of the publications on the environmental perception issue in Brazil is related to

    medium and large cities and areas of environmental conservation. When we consider the

    urban Amazon and small cities, publications become scarce. Some environmental perception

    studies in the middle and large Brazilian cities were based on studies conducted in towns such

    as Boston, Baltimore and London, where the government made use of perception analysis

    results to develop strategies to consolidate positive images in space intervention. The

    occupation of urban areas in the Amazon was accelerated mainly after the 1960s, through the

    introduction of large urban-industrial development projects, which caused an increase in

    urban population. In this urban occupation process, environmentally fragile areas were

    occupied, including the vrzea (floodplain), an environment usually found in the riverside of

    Amazonian towns. Important results were obtained, such as: over 71 % of the respondents are

    from the region and have a very strong identity with the place where they live (Topophilia);

    more than 85,59 % of respondents have never participated in any event focused on

    environmental protection; almost 50 % have not a fixed job and more than 78 % of

    respondents discard their sanitary sewers straightly into rivers.

    Keywords: Perception. Varzea and Population. Amazon region.

  • LISTA DE FIGURAS

    Figura 1 - Mapa conceitual da anlise de percepo ambiental de moradores do bairro

    Carnapij, em Ponta de Pedras PA. ....................................................................................... 15

    Figura 2 - Fluxograma de atividades ........................................................................................ 17

    Figura 3 - Localizao da rea de estudo (mapa) . ................................................................... 19

    Figura 4 - Cidade de Ponta de Pedras dividida por setores censitrios. ................................... 22

    Figura 5 - Localizao da rea de estudo (mapa). .................................................................... 40

    Figura 6 - Bairro Carnapij, na cidade de Ponta de Pedras PA, mosaico de fotos. ............... 41

    Figura 7 - Fotografias da rea do lixo do municpio de Ponta de Pedras - PA: (a) Carcaas de

    bfalos; (b) diversidade de resduos lanados no local; (c) Vista geral do lixo e (d) Livre

    acesso de moradores ao lixo. .................................................................................................. 42

    Figura 8 - Imagem Google Earth, 31/07/2014, localizao do lixo e rea de estudo. ............ 43

    Figura 9

Recommended

View more >